Busca do Submarino: Quando o “IA” significa “Ignorância Artificial”

Poucas pessoas ainda lembram como era a vida antes do Google. Estamos tão acostumados com o Google e seu compromisso com a relevância que nem lembramos mais como era angustiante fazer uma pesquisa por “skate” e encontrar (na primeira página) sites sobre tudo, menos skate.

Agora com a nova busca do Submarino é possível voltar a sentir aquela frustração de procurar um “pato” e obter um “sapato”!

Eu estava procurando no submarino pela quarta temporada do seriado House. Encontrei, como você pode ver no link, mas foi preciso mais do que bom senso e lógica, como seria em qualquer sistema que preza usabilidade e relevância.

Tentei todos os termos, do óbvios ao “chutômetro”, e não havia cristo que colocasse este produto sequer na primeira página dos resultados da busca.

Procurei por “house quarta”, “house quarta temporada”, “seriado house quarta temporada”, todas as combinações imagináveis. O sistema parecia dar mais valor às palavras do final do termo pesquisado que “House” logo no começo… Na busca por “house quarta“, o primeiro resultado da busca (um tal de “Quarto Seis“) sequer contém a palavra “House” no título, descrição ou dados técnicos. Realmente não dá para entender.

Clique para Ampliar

Agora vem o mais engraçado. Provavelmente o Submarino investiu muito dinheiro em seu sistema de buscas (que durante um tempão recebia o rótulo de “beta”, mas agora não recebe mais). Mas e se eles usassem o Google Site Search? Também fiz o teste, procurando pelo mesmo termo (“House quarta”) no Submarino usando o Google Site Search, eis o resultado:

Não sei se este é um caso para dizer que “o barato sai caro”, pois tenho a impressão de que o Google Site Search custaria mais barato ao Submarino do que eles gastaram para fazer este sistema de busca que lembra a internet de 1997.
Agora faça um teste você mesmo. Digamos que você quer saber se no Submarino vende aqueles aparelhos que gravam ligações telefônicas. Qual termo você usaria na busca? Faça um teste e divirta-se com os resultados cabeludos que você vai ver!

Uma resposta

  1. Victor Disse:

    Tente novamente.

    A arte de configurar engines de busca é algo arcano e hermético… e que demora para ser aprimorado.

    ;)

Deixe um comentário!

Atenção: Os comentários são moderados antes da publicação, o que fará com que seu comentário não seja exibido na hora. Não há a necessidade de reenviar seu comentário.