Transações on-line são seguras?

Este mês foi o primeiro, desde que se calculam as estatísticas de formas de acesso ao banco, que a internet superou os demais meios. Isto significa que há muito mais gente utilizando o computador para pagar contas, fazer depósitos, ver extratos etc.

Exatamente por isto decidi falar um pouco mais sobre segurança e computadores, não somente bankline mas também outras formas como comércio eletrônico, e-mails e afins.

O assunto entrou na moda depois que flagrantes de traição vieram à tona via Youtube. Mas o que todos estes casos têm em comum?

Computador-Seguro

Simples, a falta de segurança ou até mais, a falta de consciência sobre como garantir seu computador seguro. E não falo isto para incentivar pulos de cerca mais seguros, mas chamar a atenção para as transações bancárias ou compras com cartão de crédito em lojas virtuais.

Conheço pessoas que são tão bitoladas em segurança que só usam o computador como máquina de escrever. Com toda a comodidade e facilidade que ele pode proporcionar, elas apenas subutilizam a tecnologia com medo de perder sua grana.

Outro dia um conhecido falou que usava o bankline apenas para ver extrato e adivinha o que houve? Durante um desses acessos, uma conta de luz da Amazônia no valor de R$ 4 mil e pouco foi paga através de sua conta. Uma vez que você entrou no bankline, o acesso é total; se você não utiliza por medo, não se preocupe, os hackers usam.

Vamos aos fatos, os bancos ou o site que você fez a compra é culpado? Não, nem sempre. É mais fácil você ser assaltado enquanto lê esta matéria do que utilizando sites de comércio eletrônico feitos por profissionais e com toda a tecnologia aplicada.

O problema quase sempre é no equipamento utilizado para fazer tais procedimentos. Imagine-se indo ao caixa eletrônico pegar o seu saldo bancário; os caixas estão sem divisão de um para o outro, muita gente ao redor, tudo isto em um ambiente aberto, sem câmeras de segurança, no meio de uma praça pública como, por exemplo, o Parque da Luz, às 22h.

Você arriscaria entrar na sua conta através deste caixa? Qualquer um em sã consciência não o faria.

Pois é exatamente isto que estão fazendo quando utilizam um pc qualquer para entrar no bankline.

Não adianta fugir do computador, todos os caixas eletrônicos são computadores normais, como o meu e o seu. E como garantir que meu pc é seguro?

Primeiro e o mais básico é o bom senso, computadores usados por mais de uma pessoa são suspeitos, porque não se sabe o que foi feito, ainda mais se tem adolecentes em questão, seja por sites adultos ou por games “grátis”, jogos para celular, enfim, qualquer coisa que promete muito sendo de graça.

Lan house, faculdade e empresa não são bons lugares, pois mais de uma pessoa tem acesso à máquina e podem, intencionalmente ou não, instalar capturadores de telas e teclas. Normalmente quem utiliza essas máquinas não se preocupa com segurança afinal, “a máquina não é minha mesmo…”

A regra geral é confiança. Você precisa confiar cegamente no pc em que faz tais ações e, para isto, seja coerente, não arrisque e sempre desconfie quando o site pedir mais informações do que normalmente pede. Ou ainda quando recebe um e-mail de suposta atualização de segurança do banco ou sua conta será suspensa.

Algumas dicas úteis:
Ao realizar compras pela web, não acredite em promoções “milagrosas”. Uma oferta tentadora pode ser o disfarce de armadilhas para aquisição de dados pessoais e bancários.

Os bancos enviam e-mails a seus clientes, mas nunca solicitando informações como número de conta, dados pessoais e senhas. Lembre-se que as instituições bancárias já possuem essas informações e as utilizam para verificar a sua autenticidade quando você entra em contato com eles.

Nunca abra e-mails de bancos do qual você não é correntista. A probabilidade de vírus é de praticamente 100%, uma vez que instituições bancárias não enviam informações para pessoas não cadastradas em seu banco de clientes.

Não guarde informações bancárias, como saldos e senhas, em e-mails e nem pense em compartilhá-las por programas de mensagens instantâneas. Os hackers são capazes de vasculhar seus dados atrás de informações valiosas como essas.

Apesar de os sites bancários não exigirem a troca de sua senha para o atendimento on-line, tome a atitude e mude-a regularmente.

Para usar bem a internet e aproveitar benefícios, como movimentação financeira on-line, invista em um bom antivírus e mantenha-o atualizado e tenha sempre um técnico conhecido fazendo manutenção preventiva todo mês.

Cuidado com pendrives; eles podem contaminar seu pc somente por ser plugado na porta USB.

Fonte: Revista ZN – Ed. 106 – Agosto 2010

Deixe um comentário!

Atenção: Os comentários são moderados antes da publicação, o que fará com que seu comentário não seja exibido na hora. Não há a necessidade de reenviar seu comentário.